Município executa faixas de gestão do combustível para prevenir incêndios

A Câmara de Vila Verde iniciou, esta sexta-feira, no Monte de S. Julião, em Ponte S. Vicente e em Sande, um processo de execução de faixas de gestão do combustível destinadas a evitar o alastramento de incêndios florestais.


Participaram nesta iniciativa integrada no Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios o ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, os Bombeiros Voluntários de Vila Verde, a equipa de Sapadores da Associação Florestal do Cávado, a equipa de Intervenção e o Gabinete Técnico do Município de Vila Verde.

O edil António Vilela e o vereador Patrício Araújo acompanharam esta acção preventiva de fogo controlado que tem como principal objectivo criar zonas de protecção impeditivas da progressão de incêndios florestais, numa área global de cerca de 17 hectares que tem registado ocorrências acima da média.

«O Município de Vila Verde está a apostar no capítulo da prevenção, criando estas zonas-tampão que travam o avanço dos incêndios, mas também na manutenção, alargamento e requalificação de caminhos florestais, na manutenção e criação de pontos de águas para combate a incêndios, assim como em trabalhos sistemáticos ao nível da limpeza de faixas de contenção de incêndios nos caminhos florestais», diz Vilela.

Para o autarca, “a actuação concertada das diferentes entidades que integram a Protecção Civil, colocando o enfoque em iniciativas de carácter preventivo, é fundamental para que o património florestal concelhio, as pessoas e os seus bens, estejam salvaguardados”.

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com