1 em cada 20 000, calhou a Fátima Mendes o Trevo de cinco folhas

A pintora pradense Fátima Mendes tem estado em destaque nos últimos dias pela sua contribuição, em nome da Arquidiocese de Braga, de uma telha representativa «das telhas dos nossos lares» ao Papa. Agora, a pintora jogou sem que as probabilidades estivessem do seu lado 1 para 20 000 e encontrou um trevo de cinco folhas. Sim leu bem, um trevo de cinco folhas. Nas palavras de Fátima, que considera estar a ter um «ano fantástico», sente que este é um momento especial e que a situação na qual encontrou esta frágil planta foi «natural.»

Em entrevista ao "Jornal Ovilaverdense", Fátima Mendes explicou o momento de quando o encontrou. «Fui regando cada vez mais uma trepadeira que existe lá na escola e ela foi ficando saudável. À sua volta foram crescendo vários trevos, os quais até ia retirando tendo em conta a abundância da espécie e a forma como rodeavam a trepadeira. Certo dia, deparo-me com um trevo de cinco folhas e achei bastante curioso. Na altura até mostrei a bastante gente e fiquei muito feliz. À primeira vista nem acreditei que fossem mesmo cinco folhas, até achei que fosse a minha imaginação».

Por último, a pintora afirmou que «agora nem sei o que lhe fazer, tenho pena que ele morra, mas infelizmente é o processo natural das coisas», concluiu.

Mais desenvolvimentos na edição de Novembro no Jornal “Ovilaverdense.”

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com