Se comprou uma placa “Eldslaga” no IKEA deve contactar a empresa

A IKEA pede aos clientes que tenham comprado a placa de fogão a gás “ELDSLÅGA” antes de 1 de Janeiro de 2018 que contactem o Serviço de Apoio ao Cliente (800 20 30 20) para agendamento de uma visita técnica de reparação. Este serviço é gratuito.

Em comunicado, a empresa explica que esta é uma medida de precaução, depois de ter sido «instalado um injector inadequado num dos bicos da placa», que resulta na emissão de níveis de monóxido de carbono acima dos requisitos da União Europeia.

«Os clientes que adquiriram a placa ELDSLÅGA antes de 1 de Janeiro de 2018 devem suspender a utilização do bico do canto superior direito, até à realização do serviço técnico de reparação. A utilização dos restantes bicos é segura», refere a empresa sueca.

Para agendar a reparação técnica, os clientes que tenham comprado este produto devem entrar em contacto com o Centro de Apoio ao Cliente da IKEA, através do número 800 20 30 20. Não é necessária a apresentação de talão de compra.

«A IKEA não tem informação sobre incidentes associados a esta situação e a investigação, conduzida por entidades independentes, demonstra que o risco de efeitos para a saúde é reduzido e que não existe risco elevado de incêndio ou explosão», acrescenta.

A empresa assegura que a segurança «é uma prioridade», pelo que todos os seus produtos «cumprem a legislação e normas de segurança aplicáveis nos mercados onde são vendidos».

«A IKEA pede desculpa por qualquer incómodo causado e agradece a compreensão de todos os clientes», termina.

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
24 de Abril de 2018 / 08:39

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


-MÓS: Festa de Nossa Senhora da Encarnação no fim-de-semana

-SAÚDE: Morte de bebés atinge valor mais baixo de sempre em Portugal

-“A Revolta dos Ecopontos” pelo TIN.BRA na AE de Moure e Ribeira do Neiva

-VILA VERDE: Casa cheia para ouvir os “Acordes” do jazz de Eduardo Cardinho

-BRAGA: BE questiona Governo sobre acessibilidade para pessoas com deficiência na UMinho

-VILA VERDE: Associações passam a ter guia digital e mascote

-GNR: 24 detidos em flagrante delito na passada semana

-MOTOCROSS PICO 2018: Espectáculo das duas e quatro rodas enche pista de público e emoção

-SEMANA CULTURAL: Loureira a mexer com muitas actividades

-Mais de 70 pessoas participaram no Dia da Catequista de Vila Verde

-LOUREIRA CULTURAL: Teatro animou mais uma noite da Semana Cultural

-Forum Braga: nova “sala de estar” da cidade abriu as portas e “reinventou” antigo PEB

-ÚLTIMA HORA: Rixa no Alívio faz pelos menos três feridos

-VILA DE PRADO: GNR identificou homem de 70 anos por incêndio florestal

-“Concurso de Maios” em Freiriz já vai para a XII Edição

-Incêndio de Moure consumiu 21 hectares

-ÚLTIMA HORA: António Vilela não vai a julgamento no caso das multas de estacionamento

-VILA DE PRADO: Apresentação de livro de Jaime Ferreri adiada para 25 de Maio

-Forum Braga abre as portas este fim-de-semana para visitas guiadas gratuitas

-BRAGA: Concurso para obras no mercado municipal contestado judicialmente

-CRIME: Mulher detida por provocar incêndio em Fafe

-MOURE: Bombeiros combatem incêndio no Monte do Castelo

-VILA VERDE: Eduardo Cardinho actua esta noite na segunda edição de “Acordes” da Bullire

-ISAVE participa na Semana da Saúde da Secundária de Vila Verde

-REGIÃO: Associação Florestal do Cávado vai ter mais uma equipa em Barcelos

-LOUREIRA: Encontro de Concertinas garante animação em Dia da Liberdade

-DIA DA LIBERDADE: Vila Verde evoca valores de Abril

-CABANELAS: Grupo de peregrinos partiu rumo a Santiago de Compostela

-CRIME: Dono de bar de alterne de Vila Verde detido no Brasil por tentativa de homicídio

-VILA VERDE: Bombeiros promovem II Encontro de Fanfarras e benzem novas viaturas









Jornal O Vilaverdense