BRAGA: Mulher tentou atirar-se da Residencial Cairense mas foi salva pelo vizinho de baixo

A PSP de Braga conduziu ao Hospital, ontem à noite, uma mulher, com 33 anos, de nacionalidade brasileira, que tentou matar-se, atirando-se do 9º andar da Residencial Cairense.

Foi salva pelo vizinho de baixo, que a agarrou pelas pernas, quando estava pendurada pelas mãos na beira da janela do seu próprio quarto e já sem forças.

A mulher, que ali está hospedada, foi atendida por um médico na Psiquiatria do Hospital de Braga, o qual a acalmou e medicou.

Os Bombeiros Sapadores, uma equipa do INEM e dois carros-patrulha da PSP – chamados pela vizinhança – dirigiram-se ao local, para tentar evitar a tentativa de suicídio.

A mulher estava numa posição em que era visível da rua fronteira. Os Bombeiros municipais chegaram com a viatura que tem uma escada de grandes dimensões, para o caso de ser preciso resgatá-la.

Depois de salva, regressou ao seu quarto na Residencial – casa conhecida pela prática do alterne – e disse que se queria matar por causa do namorado, com quem estava a ter problemas de teor amoroso.

Os técnicos do INEM aconselharam a sua condução ao Hospital, o que a PSP fez, convencendo-a a ir, superando a sua resistência.

Ao que “O Vilaverdense”/PressMinho soube, o caso não vai dar lugar à abertura de um inquérito judicial, já que não há indícios de crime.