POLÉMICA: Deputados do PS não querem moeda romana em Braga mas em Vila Real

O caso da moeda romana com cerca de 2 mil anos continua a dar que falar. Esta sexta-feira foi a vez dos deputados do PS eleitos por Vila Real defenderam que a moeda recuperada pela Polícia Judiciária em Espanha deve ficar à guarda de um museu daquele distrito, mais próximo de Alijó, onde foi achada em 1958 e não no Museu D. Diogo de Sousa, em Braga.

Através do Parlamento, Francisco Rocha e Ascenso Simões questionaram o ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, sobre «os motivos e fundamentos» que levaram à escolha do Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, em Braga, para albergar o denário do Imperador Galba. «Como é óbvio, são muitas as vozes, que de forma pública têm manifestado incompreensão por esta opção, uma vez que afasta o achado do seu local de origem», sustentaram os parlamentares, em comunicado.

“RARIDADE EXTREMA”

Em 1958, um trabalho agrícola trouxe à luz do dia um pote de barro com 63 moedas romanas junto ao santuário duriense da Nossa Senhora da Piedade, localizado em Sanfins do Douro, concelho de Alijó.

«Uma dessas moedas é de uma raridade extrema e, por isso, detém um valor extraordinário. Terá sido o seu valor elevado que terá motivado o seu roubo em 1985 desse santuário», explicaram os deputados.

Segundo os socialistas, esse exemplar, um denário (apelidado de Galba) «parece ser a única moeda sobrevivente de um período especialmente conturbado da história de Roma, que corresponde ao ano de quatro imperadores, entre 68 e 69 depois de Cristo».

«Este verdadeiro tesouro foi recentemente recuperado em Espanha, graças ao empenho de um académico, Rui Centeno, e também fruto do prontidão e eficácia da Polícia Judiciária», sublinharam.

Posteriormente, foi noticiado que o seu destino, por proposta da Direcção Regional da Cultura do Norte, será o Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, em Braga.

«Foram, ou não, consideradas e avaliadas outras alternativas, como por exemplo, o Museu de Numismática de Vila Real ou o Museu do Douro para esse acolhimento», perguntaram os deputados ao ministro da Cultura.

PETIÇÃO PÚBLICA

Os parlamentares questionaram ainda sobre os «motivos que impedem a transferência e integração desse denário invulgar no espólio num destes museus que (…) são as estruturas culturais, com adequadas condições de segurança, mais próximas do seu local de achamento».

Entretanto, foi também lançada uma petição pública “online”, dirigida ao ministro, que reivindica o «depósito do tesouro» do santuário de Nossa Senhora da Piedade no Museu do Douro, «ficando assim na região de origem do achado», de forma a se «promover uma relação de proximidade entre a população local e o seu património».

---
FG (CP 1200) com Observador
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
9 de Fevereiro de 2018 / 14:00

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-Dois detidos em Vila Verde sob custódia no Hospital de Braga com GNR também feridos /ACTUALIZAÇÃO

-ÚLTIMA HORA: Desacatos no interior do posto da GNR fazem um ferido - EM ACTUALIZAÇÃO

-BRAGA: Joaquim Barreto apresenta candidatura a Presidente da Federação Distrital de Braga do PS no próximo dia 23 de Fevereiro

-Vilaverdense Álvaro Oliveira lidera petição por inclusão de medicamento contra o Parkinson

-BRAGA: Testes de álcool já em vigor nas empresas municipais AGERE e TUB

-LAGE: Maciel Cardeira pintou mural para a Casa Mortuária

-MÊS DO ROMANCE: Aliança Artesanal foi o “Ponto de Encontro” do Workshop de Bordado

-GNR: Comando Territorial de Braga deteve 24 pessoas na última semana

-DESPORTO: Clube Náutico de Prado promove gala de mérito no sábado

-GNR inicia hoje Operação Residência Segura

-MÊS DO ROMANCE: Vila Verde com fim-de-semana cheio de aprendizagem…Workshops e oficina Arquimedes

-ÚLTIMA HORA: Incêdio destrói sótão de habitação em Moure (Vila Verde)

-CARREIRAS S. MIGUEL (Vila Verde): Tarde de Carnaval com muitos mascarados, muita cor, muito brilho e muita gente

-“School in Love”, da Secundária de Vila Verde, voltou a dar brilho ao Mês do Romance

-Câmara anuncia reforço do abastecimento público de água na União de Freguesias de Carreiras S. Miguel e Carreiras S. Tiago

-GNR deteve 48 pessoas em flagrante nas últimas doze horas

-VALE DO HOMEM: AEVH assina protocolo de cooperação com o Portugal Club Europe (Estrasburgo-Alsácia)

-“Velhas Máquinas” integram Desfile do Amor promovido pela Associação de Clássicos Rolantes em Antigos de Vila Verde

-FUTEBOL (CPP): Vilaverdense FC quer vencer Mirandela para continuar ligado

-FREIRIZ: Incêndio em habitação provoca apenas estragos...apesar do alarme

-MÊS DO ROMANCE: Academia de Música brilhou em noite de Concerto de Gala

-Vale do Homem unido em torno do novo líder do PSD (Rui Rio) / Afinal…Rui Silva não figura entre os principais nomes dos órgãos nacionais

-Amélia Gomes celebra hoje 100 anos

-MÊS DO ROMANCE: Orlando Ventura apresentou nova linha “Amor Envolvente”

-DESTAQUE: Câmara de Braga reconhece 46 lojas como de interesse histórico, cultural ou social

-GNR: 24 detenções na última noite

-PSD: Rui Rio integra militantes de Braga nos órgãos nacionais; Vilaverdense Rui Silva é hipótese

-MÊS DO ROMANCE: Chá de tília e Pão-de-ló “água na boca” apresentados no Palácio da Brejoeira (Monção)

-LANHAS: Bispo de Braga em visita pastoral à paróquia

-BRAGA: Câmara introduz novas regras de acesso automóvel no centro histórico









Jornal O Vilaverdense