Ministério do Ambiente vai dragar a foz do rio Cávado em Esposende

Esposende: Dragar a foz do Cávado e recarregar com areia duas praias do litoral concelhio. O Ministério do Ambiente vai avançar, em 2018, com “uma recarga de areia nas praias adjacentes (a norte e a sul) à foz do rio Cávado, as chamadas de, Suave Mar e de Ofir, no quadro das dragagens que vão ser feitas no canal de navegação no troço final deste rio.


Em resposta a uma questão da deputada Carla Cruz, do PCP, na Assembleia da República, - que se deslocou ao local para ouvir as reclamações dos pescadores sobre o assoreamento da barra – o Ministério enviou o Projeto de Execução da Alimentação Artificial das Praias Adjacentes à Foz do Rio Cávado, o qual “prevê a recarga das praias, numa extensão total de 340 metros, com areias provenientes das dragagens”.

“O défice sedimentar, que se tem agravado progressivamente, tem originado situações preocupantes em termos de defesa do edificado e dos valores naturais e balneares que suscitaram intervenções recentes implementadas pela Sociedade Polis Litoral Norte”, salienta.
O projeto foi elaborado pela empresa WW com a colaboração do IHRH - Instituto de Hidráulica e Recursos Hídricos, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

A empreitada prevê também a instalação de passadiços de acesso às praias, e intervenções a norte da foz, abrangendo parte das freguesias de Antas, Apúlia, Belinho, Esposende, Fão, Gandra, São Bartolomeu do Mar e Marinhas.

A área de intervenção integra o Parque Natural do Litoral Norte (PNLN) que se estende ao longo de 16 km de costa, entre a foz do rio Neiva e a zona da Apúlia, em área administrada pelo município de Esposende.

---
Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
18 de Janeiro de 2018 / 22:32

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


-MÓS: Festa de Nossa Senhora da Encarnação no fim-de-semana

-SAÚDE: Morte de bebés atinge valor mais baixo de sempre em Portugal

-“A Revolta dos Ecopontos” pelo TIN.BRA na AE de Moure e Ribeira do Neiva

-VILA VERDE: Casa cheia para ouvir os “Acordes” do jazz de Eduardo Cardinho

-BRAGA: BE questiona Governo sobre acessibilidade para pessoas com deficiência na UMinho

-VILA VERDE: Associações passam a ter guia digital e mascote

-GNR: 24 detidos em flagrante delito na passada semana

-MOTOCROSS PICO 2018: Espectáculo das duas e quatro rodas enche pista de público e emoção

-SEMANA CULTURAL: Loureira a mexer com muitas actividades

-Mais de 70 pessoas participaram no Dia da Catequista de Vila Verde

-LOUREIRA CULTURAL: Teatro animou mais uma noite da Semana Cultural

-Forum Braga: nova “sala de estar” da cidade abriu as portas e “reinventou” antigo PEB

-ÚLTIMA HORA: Rixa no Alívio faz pelos menos três feridos

-VILA DE PRADO: GNR identificou homem de 70 anos por incêndio florestal

-“Concurso de Maios” em Freiriz já vai para a XII Edição

-Incêndio de Moure consumiu 21 hectares

-ÚLTIMA HORA: António Vilela não vai a julgamento no caso das multas de estacionamento

-VILA DE PRADO: Apresentação de livro de Jaime Ferreri adiada para 25 de Maio

-Forum Braga abre as portas este fim-de-semana para visitas guiadas gratuitas

-BRAGA: Concurso para obras no mercado municipal contestado judicialmente

-CRIME: Mulher detida por provocar incêndio em Fafe

-MOURE: Bombeiros combatem incêndio no Monte do Castelo

-VILA VERDE: Eduardo Cardinho actua esta noite na segunda edição de “Acordes” da Bullire

-ISAVE participa na Semana da Saúde da Secundária de Vila Verde

-REGIÃO: Associação Florestal do Cávado vai ter mais uma equipa em Barcelos

-LOUREIRA: Encontro de Concertinas garante animação em Dia da Liberdade

-DIA DA LIBERDADE: Vila Verde evoca valores de Abril

-CABANELAS: Grupo de peregrinos partiu rumo a Santiago de Compostela

-CRIME: Dono de bar de alterne de Vila Verde detido no Brasil por tentativa de homicídio

-VILA VERDE: Bombeiros promovem II Encontro de Fanfarras e benzem novas viaturas









Jornal O Vilaverdense