MÊS DO ROMANCE: Mais de 100 iniciativas em 38 dias dedicados ao amor

Já a partir do dia 26 de Janeiro e até 4 de Março, Vila Verde volta a viver mais uma edição do “Mês do Romance”, com 38 dias preenchidos com mais de uma centena de actividades que pretendem aliar a tradição e a modernidade.

«Esta programação tem a particularidade de nos permitir aproveitar as nossas tradições, a nossa cultura e o legado dos nossos antepassados para promover o território e dinamizar a economia», explicou o autarca António Vilela.

Na conferência de imprensa de apresentação da programação, que decorreu esta quarta-feira, o presidente da autarquia vilaverdense sublinhou que, em cada ano, «há novas iniciativas e novos parceiros envolvidos», o que «mostra a vitalidade» do “Mês do Romance”.

«É um projecto vencedor do ponto de vista do que foi a aposta do Município, porque encontrou “feedback” do lado dos criadores mas também dos consumidores. Hoje, podemos encontrar os nossos produtos em muitas partes do Mundo», frisou.

A vereadora Júlia Fernandes explicou que «a tendência para este ano vai muito ao encontro do casamento, dos noivos». «Temos as nossas quintas lotadas e cada vez mais há pessoas a querer casar em Vila Verde», realçou.


NOVOS PARCEIROS

À semelhança dos anos anteriores, a programação do “Mês do Romance” divide-se em cinco semanas temáticas, com cerca 67 parceiros, sendo sete deles novos.

As apresentações dos produtos, que terão o seu epicentro no Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, vão também decorrer noutros locais, nomeadamente em Amares, Braga, Guimarães, Porto, Coimbra, Lisboa e no Palácio da Brejoeira em Monção.

«É uma tentativa de chegar mais longe e conquistar novos públicos. Dentro do nosso concelho teremos também apresentações nas freguesias, casos da Loureira, Cabanelas e Codeceda», anunciou Júlia Fernandes.


BÊNÇÃO DOS CASAIS É NOVIDADE

No dia 25 de Fevereiro, às 11h00, a Igreja de Moure recebe a Celebração do Amor, presidida pelo Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, com a bênção dos casais e dos namorados.

«Este ano conseguimos incluir a Igreja na programação, que era um desafio que tínhamos. Vamos fazer a celebração do amor, uma ideia que surgiu do padre Sandro Vasconcelos, que tem sete paróquias e escolheu a Igreja de Moure para esta iniciativa», disse Júlia Fernandes.

De resto, a Gala Namorar Portugal, no Dia dos Namorados, 14 de Fevereiro, em Gême, continua a ser um dos «pontos altos» da programação, numa noite que a organização espera que seja de muito «glamour» e consagração dos criadores que apresentam peças a concurso.

O Concerto de Gala “Namorar Portugal” (17 de Fevereiro) e o Desfile de Acessórios de Moda (24 de Fevereiro) vão decorrer também em Gême, na Quinta da Aldeia.

Antes da conferência de imprensa, os utentes do CAO da APPACDM de Vila Verde cantaram os Reis no edifício da Câmara Municipal.

---
Ricardo Reis Costa (CP 10478)
ovilaverdense@gmail.com