UMinho premeia 68 estudantes por Mérito Desportivo

A Universidade do Minho (UMinho) vai premiar mais uma vez os estudantes que conjugaram em 2016/2017 a excelência desportiva com o sucesso académico.

Ao todo serão distinguidos com os Prémios de Mérito Desportivo, 68 estudantes/atletas que obtiveram resultados de excelência em 10 modalidades. O Taekwondo foi a modalidade com mais premiados: 13 no total!

A Cerimónia de Entrega dos Prémios de Mérito Desportivo da época 2016/2017 terá lugar no Restaurante Panorâmico da UMinho, no Campus de Gualtar, em Braga, no próximo dia 13 de janeiro, pelas 11h00.

A instituição adiantou que “esta será sobretudo, um momento de homenagem aos estudantes/atletas que, a título individual ou coletivo, conseguiram lugares de pódio nos Campeonatos Internacionais Universitários ou se tenham sagrado Campeões Nacionais Universitários, e que tenham ao mesmo tempo obtido mais de 50% dos créditos no respetivo ano académico”.

O evento contará com as presenças, para além dos premiados, do Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, do Administrador dos Serviços de Acção Social, António Paisana, do Presidente da Associação Académica, Nuno Reis, da Vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Braga, Sameiro Araújo, responsáveis da Reitoria, Presidentes de Escola e Diretores de curso, responsáveis de entidades desportivas locais, nacionais e universitárias, entre outros.

Os 68 estudantes premiados vão receber a bolsa e os respetivos certificados, os quais asseveram a sua excelência nas vertentes desportiva e académica.

Estes surgem de 37 diferentes cursos da UMinho, sendo que, é do Mestrado Integrado em Medicina que vem o maior número dos estudantes (sete), o Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica elegeu cinco estudantes, o Mestrado Integrado em Arquitetura e o Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica elegeram ambos, quatro estudantes, todos os outros elegeram menos.

As três escolas mais representadas nos eleitos deste ano foram, a Escola de Engenharia (24), a Escola de Ciências (11) e a Escola de Medicina (8).

Em 2015/16 foram 124 os estudantes/atletas reconhecidos pela Universidade com os Prémios de Mérito Desportivo e respetivos certificados.

Um prémio que é sobretudo o reconhecimento da Academia aos seus estudantes que conseguiram o duplo sucesso - académico e desportivo.

Em 2016/17, o número de estudantes/atletas galardoados diminuiu (68) face ao ano anterior (124), uma diminuição de 45,2% de estudantes com direito aos Prémios de Mérito Desportivo, tendo o Futebol 11 masculino cedido o lugar ao Taekwondo (Campeões Europeus) como modalidade que mais atletas viu eleitos para receber o prémio, conseguindo eleger 13 estudantes/atletas.

Na segunda posição ficou a modalidade de Voleibol Feminino (Campeãs Nacionais) que elegeu 12 estudantes/atletas) e na terceira posição, a modalidade com mais estudantes/atletas eleitos foi o Kickboxing (Campeões Nacionais) que elegeu 11 estudantes/atletas.

Todas as outras modalidades elegeram menos.

Este ano estavam elegíveis para os Prémios de Mérito Desportivo, 79 estudantes/atletas, sendo que destes, apenas 68 tiveram desempenho académico, ou seja, 86,1%.

Destes 68 estudantes que vão receber o prémio, 38 são do género feminino (55,9%) e 30 são do gênero masculino (44,1%). Ao todo, os Serviços de Ação Social da Universidade do Minho vão oferecer um valor total de 22.170,15€.

---
Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
11 de Janeiro de 2018 / 11:15

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-Estudo pioneiro sobre "tablets" junta universidades do Minho e de Harvard e a multinacional Microsoft

-Projecto MOVBIO apresentado e a decorrer na Câmara Municipal

-VILA VERDE: Novo logótipo do Município inspirado nos Lenços dos Namorados

-VILA VERDE: Alexandre Mendes fala sobre empreendedorismo este sábado, na Biblioteca Municipal

-Ministério do Ambiente vai dragar a foz do rio Cávado em Esposende

-LOUREIRA: Novo acidente com três carros junto a pastelaria

-ÚLTIMA HORA: Infraestruturas de Portugal já adjudicou construção de rotunda na Loureira / Câmara queria intervenção mais abrangente

-“Noite de Reis - Cantares do Ciclo Natalício” sábado no Centro de Artes e Cultura

-União de Freguesias de Pico de Regalados, Gondiães e Mós com novos Brasão, bandeira e selo

-“A Luz do Novo Ano” este sábado na Biblioteca Municipal

-Município de Vila Verde acolhe amanhã Workshop do Projecto MOVBIO

-Missa de Acção de Graças do 1º aniversário da fundação do Grupo Folclórico União de Tradições

-MARRANCOS: Festas em honra de São Brás 2018 nos dias 2, 3 e 4 de Fevereiro

-Filomena Costa madrinha do 1º Trail Solidário dos Bombeiros de Braga

-Planetário – Casa de Ciência de Braga e Hospital assinam Protocolo

-LOUREIRA: Apelo de filha de Francisco Gomes lança onda de solidariedade a exigir obras na EN 101

-BARCELOS: Falhou acordo entre Câmara e 19 moradores de loteamento construído por empresa de Vila Verde

-Estaleiros municipais de Braga com melhores condições de conforto e segurança

-Dormidas no Norte batem recorde em Novembro e superam média nacional

-SAÚDE: Hospital da Misericórdia com novo laser de alta intensidade e ondas de choque

-InvestBraga debate projectos em Conselho Estratégico

-”Fórum Vocacional” preencheu a manhã da Escola Secundária de Vila Verde

-MÊS DO ROMANCE: Mais de 100 iniciativas em 38 dias dedicados ao amor

-VILA DE PRADO: Feira dos Vinte arranca já na sexta-feira

-GNR: Apreendidas diversas armas de fogo em Barcelos

-Embaixadora da Ucrânia condecora eurodeputado José Manuel Fernandes

-Instituto Confúcio da UMinho promove as primeiras provas a 24 de março

-TRIBUNAL: Vilaverdense apanhado com tocha conseguiu suspensão de processo

-POLÍTICA: José Morais recandidata-se para «dar continuidade ao crescimento» do PS

-Projecto da EPATV sobre o Gerês recebe prémio da Fundação Ilídio Pinho









Jornal O Vilaverdense