Assaltantes do Montepio Geral de Palmeira presos pela PJ tinham explosivos

Os três assaltantes da agência do Montepio Geral de Palmeira, em Braga, já cadastrados por roubos a bancos, tinham explosivos, com grande poder para detonação, além de vários tipos de armas, em Esposende e Viana do Castelo.

O mais novo elemento daquele grupo, de 39 anos, é dono de uma fábrica de confecções, nos arredores de Esposende, tendo já cumprido uma pena devido a assaltos a mão armada a dependências bancárias, enquanto o mais velho, de 59 anos, residente em Viana do Castelo, é cadastrado por tráfico de droga.

De acordo com as suspeitas da Polícia Judiciária, o líder da quadrilha seria o alegado assaltante que andava evadido, conhecido por “Carvalho”, que agora estaria escondido numa casa em local isolado algures na zona do Alto Minho.

A Polícia Judiciária apreendeu-lhes uma arma a cada: caçadeira com canos serrados, revólver e pistola, bem como dezenas de munições, na operação da Directoria do Norte desencadeada poucas horas depois do roubo em Palmeira.

Inspetores da Secção Regional de Combate ao Terrorismo e ao Banditismo, sediada no Porto, confiscaram também garruços passa-montanhas, luvas e o dinheiro, cerca de sete mil euros, acabados de roubar no Montepio Geral, em Palmeira, Braga, situado ao lado da estação de serviço da Repsol, na Estrada Nacional 101, alvo de um assalto por volta das 13 horas desta segunda-feira.

O mesmo grupo é suspeito de durante a manhã do passado dia 22 de Agosto, em Balasar, na Póvoa de Varzim, ter roubado cerca de 23 mil euros dentro do cofre da dependência do Banco Santander Totta, no lugar de Fontainhas.

Os três suspeitos serão apresentados ao longo do dia de hoje pela Polícia Judiciária ao juiz de instrução criminal no Palácio da Justiça de Matosinhos.

---
JG (CP 2015)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
13 de Dezembro de 2017 / 09:03

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


-Vilaverdenses na final do maior torneio de golfe amador

-Se comprou uma placa “Eldslaga” no IKEA deve contactar a empresa

-VILA VERDE: Não há recolha de lixo nos dias 25 de Abril e 1 de Maio

-Governo reduz impostos a senhorios com contratos superiores a dez anos

-VILA DE PRADO: Jogos de Tabuleiro motivam encontro familiar na Biblioteca

-INCÊNDIOS: Bombeiros combatem chamas em Pedregais

-Alunos da EPATV organizaram Tertúlia “Cozinha, do Tradicional ao Contemporâneo”

-TRIBUNAL: Empresa contesta concurso da BRAVAL para contratação de 42 trabalhadores

-SANEAMENTO: Obra de mais de 780 mil euros em curso em Cabanelas

-LOUREIRA: Encontro de Concertinas no dia 25 de Abril

- GNR: 148 detidos em flagrante no fim-de-semana

-REGIÃO: Buscas por pescador desaparecido sábado no rio Minho retomadas

-“Semana da Saúde” até sexta-feira na ESVV

-BRAGA: Museus D. Diogo e Pio XII cedem peças para mostra em Ourense sobre reino suevo

-DESTAQUE: Tradição e muita gente no VI Festival de Folclore do Vale do Homem

-BRAGA: Concerto ‘Outro Tempo, José Afonso’ marca comemorações do 25 de Abril

-CRIME: Vilaverdense detido em Amares na posse de 95 gr de haxixe

-CABANELAS: “Sopas e Caldos” para juntar comunidade e angariar verbas

-AAUMinho arrecada bronze no basquetebol masculino

-ACTIVIDADE GNR: 46 pessoas detidas nas últimas doze horas… um morto e três feridos graves em 64 acidentes de trânsito

-BRAGA: Câmara promoveu formação em animação Stop Motion para prof’s

-FUTEBOL (Pró-Nacional): GD Prado com teste de fogo frente ao Taipas

-FUTEBOL (I Divisão): Lanhas quer surpreender o líder

-VILARINHO: Associação assinala Dia da Mãe no primeiro fim-de-semana de Maio

-SOLIDARIEDADE: JS Vila Verde entrega bens na Loja Social de Prado

-Autarcas monárquicos entregaram «medalha de honra» a Miguel Albuquerque, Presidente da Madeira

-DESTAQUE: Câmara de Braga dá cheque veterinário a famílias carenciadas

-REGIÃO: ISAVE promoveu seminário sobre Literacia em Saúde

-BRAGA: Luís Represas visitou crianças no Serviço de Pediatria

- ACTIVIDADE GNR: 36 detidos nas últimas 12 horas









Jornal O Vilaverdense