CASO DAS CONVERTIDAS: Tribunal prossegue julgamento de Mesquita Machado e cinco ex-vereadores por abuso de poder

A Vara Mista do Tribunal de Braga prossegue, segunda-feira, com a audição de testemunhas, o julgamento do ex-edil da Câmara de Braga, o socialista Mesquita Machado e de cinco outros ex-vereadores que integravam o Executivo.

Em maio de 2013, a Câmara votou a compra de três prédios anexos às Convertidas, por três milhões de euros, os quais tinham sido, propriedade de uma sociedade, a CCRII, cujo sócio era genro de Mesquita Machado.

O objetivo era recuperar o quarteirão, construir uma pousada da juventude e o Museu.

Os seis estão acusados de abuso de poder e participação económica em negócio.

No julgamento, a acusação quer provar que Mesquita quis beneficiar o genro, cuja empresa se encontrava em dificuldades. E decidiu adquirir os três prédios «à pressa» para o ajudar.

A Defesa visa demonstrar que o projeto tinha interesse municipal, e que se tratou de uma decisão política, pensada um ano antes. E que a sua quota na sociedade urbanística já tinha sido vendida pelo genro ao então sócio na CCR II.

Na última sessão, além do ex-ministro Miguel Macedo, que confirmou que Mesquita lhe tinha telefonado a pedir a cedência do Convento, tutelado pelo MAI, o Tribunal registou o testemunho do ex-vereador do PSD, Serafim Rebelo, o qual disse, apenas, que se tratou de uma decisão política da então maioria socialista com a qual não concordou.

---
Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
7 de Dezembro de 2017 / 14:34

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-CARREIRAS S. MIGUEL (Vila Verde): Tarde de Carnaval com muitos mascarados, muita cor, muito brilho e muita gente

-“School in Love”, da Secundária de Vila Verde, voltou a dar brilho ao Mês do Romance

-Câmara anuncia reforço do abastecimento público de água na União de Freguesias de Carreiras S. Miguel e Carreiras S. Tiago

-GNR deteve 48 pessoas em flagrante nas últimas doze horas

-VALE DO HOMEM: AEVH assina protocolo de cooperação com o Portugal Club Europe (Estrasburgo-Alsácia)

-“Velhas Máquinas” integram Desfile do Amor promovido pela Associação de Clássicos Rolantes em Antigos de Vila Verde

-FUTEBOL (CPP): Vilaverdense FC quer vencer Mirandela para continuar ligado

-FREIRIZ: Incêndio em habitação provoca apenas estragos...apesar do alarme

-MÊS DO ROMANCE: Academia de Música brilhou em noite de Concerto de Gala

-Vale do Homem unido em torno do novo líder do PSD (Rui Rio) / Afinal…Rui Silva não figura entre os principais nomes dos órgãos nacionais

-Amélia Gomes celebra hoje 100 anos

-MÊS DO ROMANCE: Orlando Ventura apresentou nova linha “Amor Envolvente”

-DESTAQUE: Câmara de Braga reconhece 46 lojas como de interesse histórico, cultural ou social

-GNR: 24 detenções na última noite

-PSD: Rui Rio integra militantes de Braga nos órgãos nacionais; Vilaverdense Rui Silva é hipótese

-MÊS DO ROMANCE: Chá de tília e Pão-de-ló “água na boca” apresentados no Palácio da Brejoeira (Monção)

-LANHAS: Bispo de Braga em visita pastoral à paróquia

-BRAGA: Câmara introduz novas regras de acesso automóvel no centro histórico

-CRIME: Homem detido em Vila Verde por violência doméstica

-BRAGA: Campeões da Europa de futsal recebidos no Theatro Circo na segunda-feira

-GNR deteve 406 pessoas em flagrante delito ao longo da semana

-ESQUEIROS: Bispo Auxiliar de Braga visitou Jardim-de-Infância e EB1

-MÊS DO ROMANCE: “Já Namoras 2018” - Utensílios únicos na linha do Amor

-VILA VERDE: Bombeiros têm novo veículo de combate a incêndios

-Ministro Manuel Heitor assinala na UMinho nova fase do Programa MIT Portugal

-DESPORTO: Tribunal iliba polícias acusados de agredir e cegar adepto em Guimarães

-Farmácias de Braga e Barcelos aderem à Jornada de Recolha de Medicamentos deste sábado

-VILA VERDE: Oficina Arquimedes “Amor com Cheiro” no sábado

-INCÊNDIOS RURAIS: Acções de sensibilização para limpeza de terrenos arrancam hoje

-CRIME: 34 imigrantes ilegais trabalhavam em empresas de Famalicão e da Trofa









Jornal O Vilaverdense