VILA VERDE: Empresas que criem três ou mais empregos isentas da taxa de derrama

A Câmara de Vila Verde vai apreciar e votar, na reunião da próxima segunda-feira, uma proposta para isentar da taxa de derrama as micro e pequenas empresas e as entidades que criem, em 2018, três ou mais postos de trabalho.

Em comunicado, a autarquia explica que a proposta da vereação social-democrata «contempla relevantes isenções na taxa de derrama municipal sobre o lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre o rendimento das pessoas coletivas (IRC)».

Para o presidente da Câmara, António Vilela, «este é mais um forte exemplo» da «estratégia de captação de investimento e criação de emprego para os vilaverdenses» seguido pelo Município.

A proposta prevê a isenção da taxa da derrama para os sujeitos passivos com um volume de negócios no ano anterior que não ultrapasse os €150.000,00 e uma outra isenção, por um período de cinco anos, para as empresas que, durante o ano de 2018, se instalem no território concelhio e criem três ou mais postos de trabalho.

O documento, subscrito por António Vilela, refere que a política fiscal do executivo municipal «está concentrada no objectivo de alavancar a competitividade territorial do Município através da captação de investimento, dando, assim, continuidade a uma política de redução/isenção de taxas que visa incentivar a instalação de novas empresas com reflexos no mercado de trabalho».

O mesmo documento sublinha que os investimentos, realizados ou a realizar, na modernização e manutenção da rede viária, nas infraestruturas de saneamento, de abastecimento de água e de eletricidade, nos equipamentos escolares, culturais e desportivos, na requalificação urbana e na valorização do património natural e cultural, assim como na criação e modernização de zonas empresariais, «reclamam elevados recursos financeiros dos quais também são beneficiárias as empresas instaladas no concelho».

«Assim, a Câmara Municipal assume, através dos seus investimentos e dos apoios que presta às populações, um papel crucial no desenvolvimento local e uma função redistributiva da riqueza criada na área da sua influência, reclamando, também, para tal, a contribuição solidária das empresas que apresentam lucros tributáveis», explica.

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
7 de Dezembro de 2017 / 13:52

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-EPATV debateu refugiados em videoconferência com Amnistia Internacional

-ELEIÇÕES PSD: Santana visita Vila Verde este sábado …com líder da concelhia (Rui Silva) a puxar por Rio

-DESTAQUE: Presépio homenageia vítimas dos incêndios

-CASO: Jovem adepto vilaverdense apanhado com tocha em Alvalade aguarda decisão judicial

-VILA VERDE: Câmara acolhe exposição de presépios das IPSS do concelho

-Governo concede tolerância de ponto no dia 26

-Hospital de Braga iniciou hoje programa “Natal no Hospital”

-BRAGA: S. Silvestre condiciona trânsito este domingo

-Arca do Bebé da Associação Famílias entregou dez enxovais no Hospital de Braga

-VILA VERDE: Utentes da APPACDM deram corpo à Festa de Natal

-Turma do Programa Integrado de Educação e Formação do Agrupamento de Escolas Prado participou no projecto “Justiça para Tod@s “

-Carlos Cação recebe mais uma viatura para os Sapadores Florestais de Vila Verde

-ENSINO SUPERIOR: Carla Cruz (PCP) pede explicações sobre ‘nega’ do governo em reforçar verbas à UMinho

-ÚLTIMA HORA (Vila de Prado): Incêndio destrói parcialmente garagem de habitação no Bom-Sucesso

-PICO DE REGALADOS acolhe 2ª Feira Solidária este domingo (17 de Dezembro)

-CASO DE POLÍCIA: Capitão do Aboim apresentou queixa na GNR de Vila Verde

-ÚLTIMA HORA: Vilaverdense FC com verbas da Taça de Portugal penhoradas

-Taça de Portugal. Vilaverdense FC caiu aos pés de Doumbia e Gelson

-PSP e ICNF organizaram exame único para obtenção de carta de caçador e licença de uso e porte de arma de caça

-BRAGA: Defesa de Mesquita Machado quer provar que “negócio das Convertidas” não beneficiava família

-António Vilela: «Qualquer que seja o resultado, o Vilaverdense já venceu»!

-Vilaverdense FC com enorme apoio em Alvalade

-BARCELOS: Nove meses de prisão por insultar juiz

-VILA VERDE: Feira de Santa Luzia rica em sabores da terra

-Projecto “OPEN B” do CLDS3G promoveu "Decoração Comunitária do Bairro Barcelos II"

-Jogador do Aboim AC esfaqueia colega na cara

-Assaltantes do Montepio Geral de Palmeira presos pela PJ tinham explosivos

-CLDS-3G Vila Verde inaugurou Exposição dos Direitos Humanos 2017

-PS considera que «apoio financeiro aos clubes e colectividades desportivas de Vila Verde é tardio e pouco abrangente»

-VALE DO HOMEM: Sócios da AEVH aprovaram criação de Sedes em Amares, Terras de Bouro e Vila Verde / «Queremos ser um parceiro estratégico das dinâmicas empresariais no Vale do Homem» - Jorge Pereira









Jornal O Vilaverdense