VILA VERDE: Casa do Conhecimento promoveu Oficina de Resíduos Electrónicos

A Casa do Conhecimento de Vila Verde participou na Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, com uma Oficina de Resíduos Electrónicos, uma iniciativa com preocupações ambientais que combina a reutilização de resíduos, a electrónica e a programação num ambiente de aprendizagem não formal.

A oficina é composta por sete módulos construídos a partir de material destinado à reciclagem, nomeadamente latas, esfregões de arame, cápsulas metálicas, caixas de papelão, papel de jornal, monitores de computadores e lixo orgânico.

A este material residual foram adicionados kits de electrónica, sensores e LED e programação em Scratch, permitindo a construção de módulos interactivos que reagem ao toque e à aproximação.

São módulos integrantes desta oficina o Eco Smile, o Cariclado, o Pega Monstros, a Bateria de Resíduos Orgânicos, os Happy Birds, os Contentores Interactivos e a Árvore Digital.

A Vereadora da Educação, Cultura e Acção Social, Júlia Fernandes, referiu que «esta actividade é de extrema importância para despertar a consciência ambiental e fomentar atitudes ecológicas de protecção ao meio ambiente».

«Cada vez mais, temos de adoptar medidas que fomentem a reutilização de materiais e aumentem a quantidade de produtos a ser reciclados. Todos nós somos responsáveis por deixar este planeta melhor para as gerações vindouras», frisou.

“The European Week for Waste Reduction” decorre de 18 a 26 de Novembro, com milhares de acções sobre prevenção de resíduos por toda a Europa. “Dá-lhe uma nova vida” é o tema para 2017, procurando incentivar à reutilização e à reparação.

A Braval, como coordenadora da Semana Europeia de Prevenção de Resíduos na área geográfica do Baixo Cávado, lançou o repto ao Município de Vila Verde para participar na maior campanha europeia de redução de resíduos.

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com