CORRUPÇÃO CARTAS DE CONDUÇÃO: Julgamento recomeça na sexta-feira e deve ter as alegações finais

Recomeça na próxima sexta-feira o julgamento da alegada corrupção nas cartas de condução, faltando fazer as alegações finais, que tiveram que ser adiadas por causa de problemas no sistema de vídeo-conferência que atrasaram a audição de duas testemunhas.

O julgamento, que corre no Tribunal de Braga, por alegada corrupção nos exames e que envolve 47 arguidos, entre instrutores e examinadores da ANIECA- Associação Nacional do Ensino de Condução - no antigo Centro de Exames de Vila Verde, aproxima-se do fim.

Até Dezembro, ou o mais tardar, em Janeiro, há sentença.

Conforme “O Vilaverdense”/PressMinho tem noticiado, a questão da proveniência do milhão de euros arrestado pelo Tribunal aos examinadores da ANIECA dominou as últimas sessões do julgamento.

Alguns dos arguidos argumentam que o dinheiro, que lhes foi apreendido pelo Gabinete de Recuperação de Activos da Polícia Judiciária – aquando da sua detenção em 2015 -, teve origem legítima e não de qualquer forma ilícita, nomeadamente por via de supostos recebimentos de examinandos de condução.

O caso dominante foi o do principal arguido, o examinador Joaquim Oliveira, que está pronunciado por 35 crimes e pode ficar sem 300 mil euros que pode perder a favor do Estado, se vier a ser condenado.

Em Setembro e Outubro, foram ouvidas testemunhas de defesa, parte delas de cariz «abonatório».

Ao longo de mais de 40 sessões, a acusação tenta provar os crimes – «ajudas» ilegais a alunos a troco de dinheiro – e a defesa o seu contrário, argumentando que as provas recolhidas pela PJ/Braga não são consistentes, por se basearem, em grande parte, em suposições e em escutas telefónicas pouco claras.

O processo teve como figura mediática Fábio Coentrão, que, falando por vídeo-conferência, confessou ter pago quatro mil euros para passar nos exames de código e de condução.

---
Redacção/Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
22 de Novembro de 2017 / 15:11

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-ELEIÇÕES PSD: Santana visita Vila Verde este sábado …com líder da concelhia (Rui Silva) a puxar por Rio

-DESTAQUE: Presépio homenageia vítimas dos incêndios

-CASO: Jovem adepto vilaverdense apanhado com tocha em Alvalade aguarda decisão judicial

-VILA VERDE: Câmara acolhe exposição de presépios das IPSS do concelho

-Governo concede tolerância de ponto no dia 26

-Hospital de Braga iniciou hoje programa “Natal no Hospital”

-BRAGA: S. Silvestre condiciona trânsito este domingo

-Arca do Bebé da Associação Famílias entregou dez enxovais no Hospital de Braga

-VILA VERDE: Utentes da APPACDM deram corpo à Festa de Natal

-Turma do Programa Integrado de Educação e Formação do Agrupamento de Escolas Prado participou no projecto “Justiça para Tod@s “

-Carlos Cação recebe mais uma viatura para os Sapadores Florestais de Vila Verde

-ENSINO SUPERIOR: Carla Cruz (PCP) pede explicações sobre ‘nega’ do governo em reforçar verbas à UMinho

-ÚLTIMA HORA (Vila de Prado): Incêndio destrói parcialmente garagem de habitação no Bom-Sucesso

-PICO DE REGALADOS acolhe 2ª Feira Solidária este domingo (17 de Dezembro)

-CASO DE POLÍCIA: Capitão do Aboim apresentou queixa na GNR de Vila Verde

-ÚLTIMA HORA: Vilaverdense FC com verbas da Taça de Portugal penhoradas

-Taça de Portugal. Vilaverdense FC caiu aos pés de Doumbia e Gelson

-PSP e ICNF organizaram exame único para obtenção de carta de caçador e licença de uso e porte de arma de caça

-BRAGA: Defesa de Mesquita Machado quer provar que “negócio das Convertidas” não beneficiava família

-António Vilela: «Qualquer que seja o resultado, o Vilaverdense já venceu»!

-Vilaverdense FC com enorme apoio em Alvalade

-BARCELOS: Nove meses de prisão por insultar juiz

-VILA VERDE: Feira de Santa Luzia rica em sabores da terra

-Projecto “OPEN B” do CLDS3G promoveu "Decoração Comunitária do Bairro Barcelos II"

-Jogador do Aboim AC esfaqueia colega na cara

-Assaltantes do Montepio Geral de Palmeira presos pela PJ tinham explosivos

-CLDS-3G Vila Verde inaugurou Exposição dos Direitos Humanos 2017

-PS considera que «apoio financeiro aos clubes e colectividades desportivas de Vila Verde é tardio e pouco abrangente»

-VALE DO HOMEM: Sócios da AEVH aprovaram criação de Sedes em Amares, Terras de Bouro e Vila Verde / «Queremos ser um parceiro estratégico das dinâmicas empresariais no Vale do Homem» - Jorge Pereira

-Santuário do Alívio acolheu a Cantata de Natal no domingo









Jornal O Vilaverdense