RIBEIRA DO NEIVA: PS «não compreende» falta de sistema de aquecimento na escola

Os vereadores do PS na Câmara de Vila Verde, José Morais, Luís Castro e Cláudia Pinto, dizem «não compreender» como pode a EB da Ribeira do Neiva, «uma escola recente», funcionar sem sistema de aquecimento.

A tomada de posição dos socialistas surge no âmbito de uma visita, realizada esta segunda-feira, que pretendeu fazer o levantamento de necessidades do parque escolar do concelho, «no seguimento da queixa de vários pais de que o sistema de aquecimento da escola da Ribeira do Neiva (e outras do concelho) não está a funcionar».

De acordo com os vereadores do PS, o facto de o sistema AVAC não funcionar torna «o calor insuportável no Verão e o frio no Inverno», sendo que no caso da EB da Ribeira do Neiva «o problema mantém-se desde a abertura da escola, ou seja, o sistema não funciona».

«Estamos preocupados com a inércia e o silêncio da vereadora da Educação, que ano após ano se refugia no silêncio, não resolvendo a situação e prejudicando os alunos que frequentam estes estabelecimentos de ensino», criticam.

Os vereadores do PS acrescentam que «colocaram em sede de reunião camarária um conjunto de questões à vereadora da Educação, que ficaram sem resposta, conforme se constata pela acta da reunião».
O PS lembra que, há cerca de um ano, na Assembleia Municipal, questionou o presidente da Câmara sobre a ausência de aquecimento em algumas escolas.

Na altura, António Vilela confirmou a existência desses problemas, referindo que os mesmos estariam relacionados com a falta de potência do posto de transformação da EDP, que iria ser reforçado.


QUALIDADE DAS REFEIÇÕES ESCOLARES

José Morais, Luís Castro e Cláudia Pinto questionam também a qualidade das refeições escolares, porque «a empresa é a mesma que confeccionou a refeição com "lagarta viva" em Braga».

«Quer as questões das refeições escolares, quer a questão do aquecimento nas escolas ficaram sem resposta. A vereadora da Educação remete-se ao silêncio e o presidente de Câmara nada disse», referem os socialistas.

A fechar o comunicado, os vereadores do PS dizem que «continuarão atentos às necessidades das escolas e tudo farão no sentido de tornar as escolas, mais do que construções de cimento, locais agradáveis e confortáveis para todas as crianças».

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com