Câmara de Vila Verde adjudica mais dois milhões de euros em saneamento

O executivo municipal discute, na segunda-feira, a proposta de adjudicação de mais duas empreitadas de execução de obras de alargamento das redes de saneamento básico, que se cifram em perto de dois milhões de euros.

Em comunicado, a Câmara diz que «continua com um avultado investimento no alargamento da rede de saneamento básico, que permitirá nos próximos dois anos atingir metas próximas dos 75% de cobertura das habitações vilaverdenses».

Na mesma reunião, serão ainda aprovadas minutas de contrato de empreitada de obras públicas no valor global superior a quatro milhões de euros, referentes a mais três obras de saneamento e à reabilitação do antigo edifício da Adega Cooperativa de Vila Verde e área envolvente.

«Estas obras estão inscritas num plano global de investimentos que, em 2017 e 2018, ascenderá a seis milhões de euros e consubstanciará mais um passo muito importante em ordem à melhoria das condições de vida das famílias e no que se refere à efetiva preservação e valorização do ambiente», refere a autarquia.

Depois da construção e da entrada em funcionamento da ETAR de Cabanelas e da instalação de vários quilómetros de interceptores primários ao longo dos principais rios concelhios, «Vila Verde está agora a conhecer uma fase de construção de infra-estruturas necessárias para fazer chegar o saneamento básico a uma significativa percentagem das residências das 33 freguesias e uniões de freguesias do concelho.

Para o presidente da Câmara, António Vilela, a execução destes projectos contribuirá para «alavancar o bem-estar dos vilaverdenses e concorrer sobremaneira para a melhoria da qualidade ambiental».

---
Redacção@gmail.com
ovilaverdense

    Jornal o VilaVerdense
17 de Novembro de 2017 / 13:37

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-ELEIÇÕES PSD: Santana visita Vila Verde este sábado …com líder da concelhia (Rui Silva) a puxar por Rio

-DESTAQUE: Presépio homenageia vítimas dos incêndios

-CASO: Jovem adepto vilaverdense apanhado com tocha em Alvalade aguarda decisão judicial

-VILA VERDE: Câmara acolhe exposição de presépios das IPSS do concelho

-Governo concede tolerância de ponto no dia 26

-Hospital de Braga iniciou hoje programa “Natal no Hospital”

-BRAGA: S. Silvestre condiciona trânsito este domingo

-Arca do Bebé da Associação Famílias entregou dez enxovais no Hospital de Braga

-VILA VERDE: Utentes da APPACDM deram corpo à Festa de Natal

-Turma do Programa Integrado de Educação e Formação do Agrupamento de Escolas Prado participou no projecto “Justiça para Tod@s “

-Carlos Cação recebe mais uma viatura para os Sapadores Florestais de Vila Verde

-ENSINO SUPERIOR: Carla Cruz (PCP) pede explicações sobre ‘nega’ do governo em reforçar verbas à UMinho

-ÚLTIMA HORA (Vila de Prado): Incêndio destrói parcialmente garagem de habitação no Bom-Sucesso

-PICO DE REGALADOS acolhe 2ª Feira Solidária este domingo (17 de Dezembro)

-CASO DE POLÍCIA: Capitão do Aboim apresentou queixa na GNR de Vila Verde

-ÚLTIMA HORA: Vilaverdense FC com verbas da Taça de Portugal penhoradas

-Taça de Portugal. Vilaverdense FC caiu aos pés de Doumbia e Gelson

-PSP e ICNF organizaram exame único para obtenção de carta de caçador e licença de uso e porte de arma de caça

-BRAGA: Defesa de Mesquita Machado quer provar que “negócio das Convertidas” não beneficiava família

-António Vilela: «Qualquer que seja o resultado, o Vilaverdense já venceu»!

-Vilaverdense FC com enorme apoio em Alvalade

-BARCELOS: Nove meses de prisão por insultar juiz

-VILA VERDE: Feira de Santa Luzia rica em sabores da terra

-Projecto “OPEN B” do CLDS3G promoveu "Decoração Comunitária do Bairro Barcelos II"

-Jogador do Aboim AC esfaqueia colega na cara

-Assaltantes do Montepio Geral de Palmeira presos pela PJ tinham explosivos

-CLDS-3G Vila Verde inaugurou Exposição dos Direitos Humanos 2017

-PS considera que «apoio financeiro aos clubes e colectividades desportivas de Vila Verde é tardio e pouco abrangente»

-VALE DO HOMEM: Sócios da AEVH aprovaram criação de Sedes em Amares, Terras de Bouro e Vila Verde / «Queremos ser um parceiro estratégico das dinâmicas empresariais no Vale do Homem» - Jorge Pereira

-Santuário do Alívio acolheu a Cantata de Natal no domingo









Jornal O Vilaverdense