TRIBUNAL: Desmentiu violência doméstica em Turiz contra mulher e três filhos

O motorista que está a ser julgado por acusação de quatro crimes de violência doméstica supostamente perpetrados contra a ex-mulher e os três filhos na Urbanização da Devesa, em Turiz, Vila Verde, desmentiu as imputações aos três juízes nas audiências em Braga.

Francisco Pereira, de 53 anos de idade, motorista, natural e residente em Vila Verde, nas sessões do julgamento, no Palácio da Justiça de Braga, voltou a desmentir qualquer tipo de violência doméstica ou maus tratos, conforme fizera durante a fase das investigações.

Ainda segundo Francisco Pereira, as declarações da antiga mulher e dos três filhos, um deles um rapaz agora com 16 anos, além de duas filhas de maior idade, já conhecidas quando foi confrontado pela GNR, em Prado, não corresponderão à verdade.

Em 19 de Janeiro deste ano, a GNR apreendeu ao motorista uma pistola de calibre 7.65 milímetros, da marca Browning, com quatro munições, numa domiciliária determinada pelo Tribunal Judicial de Vila Verde aquando das primeiras queixas dos seus familiares.

Um cabo-chefe e uma guarda-principal do NIAVE – Núcleo de Apoio e Investigação a Vítimas Específicas de Crimes, do Comando Territorial da GNR de Braga, em trabalho de investigação criminal consideraram ser caracterizado como de «perigosidade média».

Na origem do comportamento atribuído pelo Ministério Público a F. Pereira, há, conforme informações anteriores, problemas financeiros que terá passado a enfrentar e o arguido passou a ser tratado na Unidade de Psiquiatria do Hospital de Braga, enquanto o Gabinete Médico Legal e Forense do Cávado o considerou responsável pelos seus actos.

---
Joaquim Gomes (CP 2015)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
8 de Novembro de 2017 / 08:56

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-MÊS DO ROMANCE: Academia de Música brilhou em noite de Concerto de Gala

-Vale do Homem unido em torno do novo líder do PSD (Rui Rio) / Afinal…Rui Silva não figura entre os principais nomes dos órgãos nacionais

-Amélia Gomes celebra hoje 100 anos

-MÊS DO ROMANCE: Orlando Ventura apresentou nova linha “Amor Envolvente”

-DESTAQUE: Câmara de Braga reconhece 46 lojas como de interesse histórico, cultural ou social

-GNR: 24 detenções na última noite

-PSD: Rui Rio integra militantes de Braga nos órgãos nacionais; Vilaverdense Rui Silva é hipótese

-MÊS DO ROMANCE: Chá de tília e Pão-de-ló “água na boca” apresentados no Palácio da Brejoeira (Monção)

-LANHAS: Bispo de Braga em visita pastoral à paróquia

-BRAGA: Câmara introduz novas regras de acesso automóvel no centro histórico

-CRIME: Homem detido em Vila Verde por violência doméstica

-BRAGA: Campeões da Europa de futsal recebidos no Theatro Circo na segunda-feira

-GNR deteve 406 pessoas em flagrante delito ao longo da semana

-ESQUEIROS: Bispo Auxiliar de Braga visitou Jardim-de-Infância e EB1

-MÊS DO ROMANCE: “Já Namoras 2018” - Utensílios únicos na linha do Amor

-VILA VERDE: Bombeiros têm novo veículo de combate a incêndios

-Ministro Manuel Heitor assinala na UMinho nova fase do Programa MIT Portugal

-DESPORTO: Tribunal iliba polícias acusados de agredir e cegar adepto em Guimarães

-Farmácias de Braga e Barcelos aderem à Jornada de Recolha de Medicamentos deste sábado

-VILA VERDE: Oficina Arquimedes “Amor com Cheiro” no sábado

-INCÊNDIOS RURAIS: Acções de sensibilização para limpeza de terrenos arrancam hoje

-CRIME: 34 imigrantes ilegais trabalhavam em empresas de Famalicão e da Trofa

-Novas regras para limpeza das matas entram em vigor com aumento da distância entre pinheiros e eucaliptos

-ATÃES: Alunos do Jardim-de-Infância criaram “Hino dos Heróis da Fruta”

-VILA DE PRADO: População alarmada com queda de azulejos de prédio

-BRAGA: Imobiliárias pedem oito milhões à Câmara no caso do nó de Ínfias

-MÊS DO ROMANCE: “S. Valentin Breakfast Day” e “Aromas com Amor” duas iniciativas em conjunto com os alunos da EPATV

-CERVÃES: EB1 de Sobral premiada a nível nacional pela Missão UP "Natal sustentável”

-CRIME (Justiça): Julgados em Maio quatro homens apanhados a falsificar notas e moedas em Braga e Vila Verde

-SAÚDE (Minho). Cardiologia de Guimarães vai ter Unidade de Diagnóstico e Intervenção Cardiovascular









Jornal O Vilaverdense