Guimarães: Regressam ao Vila Flor os cientistas de copo na mão

Já diz o ditado que quem canta os seus males espanta. E o que pode a música fazer pelos pacientes com ansiedade e depressão? E se as construções anti-sísmicas fossem feitas de… madeira? São dois cientistas que abordarão o efeito terapêutico da música na memória e as potencialidades da madeira na construção de habitações. De acordo com Daniel Ribeiro, da organização, o projeto PubhD UMinho traz novamente, no dia 26, à noite, os cientistas para o balcão do bar celebrando a sua vigésima sessão.

Fabiana Ribeiro é aluna de doutoramento em Psicologia Básica na UMinho e estuda a ligação entre a música, as emoções e a memória. "As emoções que a música proporciona podem influenciar a nossa capacidade de memória". O objetivo da investigadora do CIPsi – Centro de Investigação em Psicologia é o de "usar a música como uma futura prática clínica na recuperação de quadros de depressão e de ansiedade".

Por outro lado, Leonardo Rodrigues está a estudar a madeira como material alternativo e amigo do ambiente na construção de habitações. "Através de modelos matemáticos e ensaios à escala real, o jovem investigador do Instituto para a Sustentabilidade e Inovação em Estruturas de Engenharia (ISISE-UMinho) conseguiu perceber que este material é resistente a sismos". O próximo passo - diz - "será testar a sua resistência a impactos de outra ordem, como por exemplo explosões".

O PubhD (pub=bar e PhD=doutoramento) é um movimento de divulgação da ciência que surgiu no Reino Unido (2014) e se realiza agora em 23 cidades europeias. O PubhD UMinho é organizado pelo STOL - Science Through Our Lives, desde Janeiro de 2016, em Braga e Guimarães. A entrada é livre.

---
Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
23 de Outubro de 2017 / 08:59

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-MÊS DO ROMANCE: Academia de Música brilhou em noite de Concerto de Gala

-Vale do Homem unido em torno do novo líder do PSD (Rui Rio) / Afinal…Rui Silva não figura entre os principais nomes dos órgãos nacionais

-Amélia Gomes celebra hoje 100 anos

-MÊS DO ROMANCE: Orlando Ventura apresentou nova linha “Amor Envolvente”

-DESTAQUE: Câmara de Braga reconhece 46 lojas como de interesse histórico, cultural ou social

-GNR: 24 detenções na última noite

-PSD: Rui Rio integra militantes de Braga nos órgãos nacionais; Vilaverdense Rui Silva é hipótese

-MÊS DO ROMANCE: Chá de tília e Pão-de-ló “água na boca” apresentados no Palácio da Brejoeira (Monção)

-LANHAS: Bispo de Braga em visita pastoral à paróquia

-BRAGA: Câmara introduz novas regras de acesso automóvel no centro histórico

-CRIME: Homem detido em Vila Verde por violência doméstica

-BRAGA: Campeões da Europa de futsal recebidos no Theatro Circo na segunda-feira

-GNR deteve 406 pessoas em flagrante delito ao longo da semana

-ESQUEIROS: Bispo Auxiliar de Braga visitou Jardim-de-Infância e EB1

-MÊS DO ROMANCE: “Já Namoras 2018” - Utensílios únicos na linha do Amor

-VILA VERDE: Bombeiros têm novo veículo de combate a incêndios

-Ministro Manuel Heitor assinala na UMinho nova fase do Programa MIT Portugal

-DESPORTO: Tribunal iliba polícias acusados de agredir e cegar adepto em Guimarães

-Farmácias de Braga e Barcelos aderem à Jornada de Recolha de Medicamentos deste sábado

-VILA VERDE: Oficina Arquimedes “Amor com Cheiro” no sábado

-INCÊNDIOS RURAIS: Acções de sensibilização para limpeza de terrenos arrancam hoje

-CRIME: 34 imigrantes ilegais trabalhavam em empresas de Famalicão e da Trofa

-Novas regras para limpeza das matas entram em vigor com aumento da distância entre pinheiros e eucaliptos

-ATÃES: Alunos do Jardim-de-Infância criaram “Hino dos Heróis da Fruta”

-VILA DE PRADO: População alarmada com queda de azulejos de prédio

-BRAGA: Imobiliárias pedem oito milhões à Câmara no caso do nó de Ínfias

-MÊS DO ROMANCE: “S. Valentin Breakfast Day” e “Aromas com Amor” duas iniciativas em conjunto com os alunos da EPATV

-CERVÃES: EB1 de Sobral premiada a nível nacional pela Missão UP "Natal sustentável”

-CRIME (Justiça): Julgados em Maio quatro homens apanhados a falsificar notas e moedas em Braga e Vila Verde

-SAÚDE (Minho). Cardiologia de Guimarães vai ter Unidade de Diagnóstico e Intervenção Cardiovascular









Jornal O Vilaverdense