JUSTIÇA (Vila Verde): Homem de Turiz julgado por bater na mulher e nos filhos

Batia na ex-mulher e nos três filhos. Tem um comportamento agressivo. Um homem de apelido Pereira, de 53 anos, residente em Turiz, Vila Verde, está a ser julgado no Tribunal de Braga por quatro crimes de violência doméstica.

Casado desde 1989 e com três filhos, o arguido está acusado de, devido ao seu temperamento violento, dar pontapés e chamar diversos impropérios à ex-mulher, bem como aos três descendentes, duas raparigas e um rapaz.

A acusação diz que, nas discussões familiares, batia no filho mais novo e nas duas mais velhas, atirava objetos pelo ar e chamava “puta e vaca” à companheira.

Em dada ocasião de 2016 esmurrou-a e fez o mesmo às jovens, a quem agrediu pelas costas. Uma delas ficou a sangrar, após um pontapé na cabeça. Apesar disso, proibiu-as de irem ao Hospital.

Noutra altura, pegou em facas de cozinha e ameaçou-as de morte. Bateu, também, numa das raparigas por esta ter posto baton nos lábios. Insultando-a, também, “a preceito”.

Dizia-lhes que a mulher andava metida com o padre, e que o filho não era dele. Estavam, ainda, impedidas por ele de irem a casa da avó ou de umas tias.

Em janeiro deste ano e no âmbito de um inquérito judicial, a GNR apreendeu-lhe, em casa, uma pistola de calibre 7.65 milímetros. Daí que esteja, também, a ser julgado por posse de arma proibida.

Quando foi detido, ficou obrigado a afastar-se da casa da família, o que cumpriu, embora andasse na rua e nos cafés, a fazer-lhes ameaças diversas.

Aceitou, na ocasião, ser alvo de tratamento psiquiátrico. Atualmente mora na Loureira.

O Instituto de Medicina Legal realizou-lhe um exame de saúde mental, a pedido do Tribunal, o qual concluiu que era “imputável”, pois tinha consciência do que fazia quando agredia os familiares.

Em paralelo ao processo-crime, o homem meteu um processo cível à empresa da ex-mulher, argumentando ter a haver 145 mil euros (mais juros) por ter trabalhado para ela durante vários anos, sem nada receber.

O julgamento, que teve já uma primeira sessão, prossegue no final do mês, com a audição das quatro testemunhas da família, a qual decorre sem a presença do arguido, a pedido delas.

---
Redacção / Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
11 de Outubro de 2017 / 10:41

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-VILA DE PRADO: Ponte Filipina faz 400 anos (1617-2017)

-ESQUEIROS: “Feirinha de Outono” abre as portas esta terça-feira no Jardim de Infância

-CERVÃES: Recolha de roupa e alimentos durante esta semana para as vítimas de incêndios

-GNR: Fim-de-semana com 123 detidos em flagrante delito

-BRAGA: AGERE atribui crédito aos munícipes afectados pelos incêndios

-VILA VERDE: Dia do Concelho comemorado esta terça-feira

-GDPrado: Dois primeiros classificados nos Jogos Eixo-Atlântico

-VILA DE PRADO: Queda de palmeira em frente à Junta danifica automóvel

-Guimarães: Regressam ao Vila Flor os cientistas de copo na mão

-BRAGA: Rio preside à primeira reunião pública do Executivo Municipal

-FUTEBOL: Vilaverdense FC goleia Mondinense com segunda parte de luxo

-ORIZ: Desfolhada e Malhada de Milho anima tarde de domingo “Na Rota das Colheitas”

-PONTE S. VICENTE (Vila Verde): Leilão, magusto e desfolhada ajudam a angariar fundos para as Festas de S. Bento 2018

-CRIME: Septuagenário agredido e assaltado à porta de casa em Famalicão

-GNR deteve 53 pessoas em flagrante nas últimas doze horas

-FUTEBOL (Pró-Nacional): GD Prado recebe a surpresa do campeonato este domingo

-DESTAQUE: Novos órgãos autárquicos empossados e Vilela preparado para «agregar vontades e mobilizar energias»

-Incúria com os incêndios florestais junta mais de mil manifestantes em Braga

-GNR: 31 pessoas detidas em flagrante delito

-VILA VERDE: Intermaché ofertou 5 kits completos de combate a incêndios aos bombeiros e Carlos Braga anuncia a compra de mais 2 ambulâncias e 1 veículo pesado

-FUTEBOL (Campeonato de Portugal): Vilaverdense FC defronta Mondinense

-CRIME: Suspeitos de roubo e agressões a idosos todos em prisão preventiva

-Prisão preventiva para os três detidos pela plantação de canábis em Vila Verde

-VILA DE PRADO: Mais de uma centena em jantar solidário no Centro Comunitário

-DESPORTO: Atletas de taekwondo do GD Prado nos Jogos do Eixo-Atlântico

-VILA VERDE: Vilela mantém a mesma distribuição de pelouros e vice-presidência de Manuel Lopes

-Vila Verde contribuiu para o sucesso do Verde Cool

-ÚLTIMA HORA: Três detidos por plantarem cannabis em Vila Verde já chegaram ao Tribunal de Braga

-AVISO: Espaços de atendimento municipal encerrados na segunda-feira

-CABANELAS: Um ferido em acidente a envolver dois camiões









Jornal O Vilaverdense