BRAGA: Comerciantes contra grua no centro histórico ... Câmara tenta encontrar alternativa técnica

A Câmara de Braga está a tentar minimizar o impacto negativo que a colocação de uma grua gigante causará a um grupo de comerciantes da Rua Francisco Sanches, na zona pedonal do centro urbano.
O vereador do Urbanismo, Miguel Bandeira disse ao Vilaverdense/PressMinho que o Município, enquanto com o promotor da obra, a construtora ABB, tenta encontrar outro tipo de grua ou mesmo uma alternativa técnica de outro tipo”.


Os comerciantes estão alarmados com a colocação da grua – a instalar dentro de dias - destinada a apoiar uma obra de reconstrução de um prédio na vizinha rua do Souto, não muito longe do Largo do Paço. Dizem que lhes estraga o negócio, por lhes tapar a visibilidade das lojas e afastar os transeuntes. E pedem a intervenção do Município. E o vereador do urbanismo, Miguel Bandeira disse ao JN que estão a ser estudadas alternativas técnicas.

Os empresários José Valdemar, José Januário, Olivério e Emília Vilela, que representam vários outros daquela via pedonal, dizem: “o comércio já tem dificuldades que cheguem e ainda nos vêm transtornar a vida, com uma grua barulhente e eventualmente perigosa”. Sublinham, ainda, que a área deixará de ser zona de passeio e lazer.

O mais prejudicado é Olivério Caseiro da gelataria franqueada «Ô Sorbet dAmour »: “investi 160 mil euros em 2016 e agora, sem esplanada deixei de faturar e vou ter de encerrar”, lamenta com visível “desespero”.

O grupo diz que o espaço para a colocação do equipamento foi delimitado sem que ninguém, nem o empreiteiro, a ABB- Alexandre Barbosa Borges nem os serviços da Câmara os tenham informado: “julgámos que haverá outras opções técnicas que não a de uma grua gigante, como a de um camião com equipamento semelhante ou uma grua mais pequena na própria artéria do prédio em obras”, dizem, garantindo que as lojas não aguentam um ano com um aparelho daqueles a funcionar no dia-a-dia. “Algumas terão de fechar por falta de clientes”, alvitram.

Dizem que o espaço a ocupar pelo artefacto da construção civil é ilegal, quer porque impede a passagem de camiões para cargas e descargas, quer porque veda a passagem a carros de bombeiros em caso de incêndio ou outro acidente: “não se entende como é que a Proteção Civil permite”, exclamam.

---
Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
5 de Outubro de 2017 / 16:06

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-VILA DE PRADO: Ponte Filipina faz 400 anos (1617-2017)

-ESQUEIROS: “Feirinha de Outono” abre as portas esta terça-feira no Jardim de Infância

-CERVÃES: Recolha de roupa e alimentos durante esta semana para as vítimas de incêndios

-GNR: Fim-de-semana com 123 detidos em flagrante delito

-BRAGA: AGERE atribui crédito aos munícipes afectados pelos incêndios

-VILA VERDE: Dia do Concelho comemorado esta terça-feira

-GDPrado: Dois primeiros classificados nos Jogos Eixo-Atlântico

-VILA DE PRADO: Queda de palmeira em frente à Junta danifica automóvel

-Guimarães: Regressam ao Vila Flor os cientistas de copo na mão

-BRAGA: Rio preside à primeira reunião pública do Executivo Municipal

-FUTEBOL: Vilaverdense FC goleia Mondinense com segunda parte de luxo

-ORIZ: Desfolhada e Malhada de Milho anima tarde de domingo “Na Rota das Colheitas”

-PONTE S. VICENTE (Vila Verde): Leilão, magusto e desfolhada ajudam a angariar fundos para as Festas de S. Bento 2018

-CRIME: Septuagenário agredido e assaltado à porta de casa em Famalicão

-GNR deteve 53 pessoas em flagrante nas últimas doze horas

-FUTEBOL (Pró-Nacional): GD Prado recebe a surpresa do campeonato este domingo

-DESTAQUE: Novos órgãos autárquicos empossados e Vilela preparado para «agregar vontades e mobilizar energias»

-Incúria com os incêndios florestais junta mais de mil manifestantes em Braga

-GNR: 31 pessoas detidas em flagrante delito

-VILA VERDE: Intermaché ofertou 5 kits completos de combate a incêndios aos bombeiros e Carlos Braga anuncia a compra de mais 2 ambulâncias e 1 veículo pesado

-FUTEBOL (Campeonato de Portugal): Vilaverdense FC defronta Mondinense

-CRIME: Suspeitos de roubo e agressões a idosos todos em prisão preventiva

-Prisão preventiva para os três detidos pela plantação de canábis em Vila Verde

-VILA DE PRADO: Mais de uma centena em jantar solidário no Centro Comunitário

-DESPORTO: Atletas de taekwondo do GD Prado nos Jogos do Eixo-Atlântico

-VILA VERDE: Vilela mantém a mesma distribuição de pelouros e vice-presidência de Manuel Lopes

-Vila Verde contribuiu para o sucesso do Verde Cool

-ÚLTIMA HORA: Três detidos por plantarem cannabis em Vila Verde já chegaram ao Tribunal de Braga

-AVISO: Espaços de atendimento municipal encerrados na segunda-feira

-CABANELAS: Um ferido em acidente a envolver dois camiões









Jornal O Vilaverdense