BRAGA: Comerciantes contra grua no centro histórico ... Câmara tenta encontrar alternativa técnica

A Câmara de Braga está a tentar minimizar o impacto negativo que a colocação de uma grua gigante causará a um grupo de comerciantes da Rua Francisco Sanches, na zona pedonal do centro urbano.
O vereador do Urbanismo, Miguel Bandeira disse ao Vilaverdense/PressMinho que o Município, enquanto com o promotor da obra, a construtora ABB, tenta encontrar outro tipo de grua ou mesmo uma alternativa técnica de outro tipo”.


Os comerciantes estão alarmados com a colocação da grua – a instalar dentro de dias - destinada a apoiar uma obra de reconstrução de um prédio na vizinha rua do Souto, não muito longe do Largo do Paço. Dizem que lhes estraga o negócio, por lhes tapar a visibilidade das lojas e afastar os transeuntes. E pedem a intervenção do Município. E o vereador do urbanismo, Miguel Bandeira disse ao JN que estão a ser estudadas alternativas técnicas.

Os empresários José Valdemar, José Januário, Olivério e Emília Vilela, que representam vários outros daquela via pedonal, dizem: “o comércio já tem dificuldades que cheguem e ainda nos vêm transtornar a vida, com uma grua barulhente e eventualmente perigosa”. Sublinham, ainda, que a área deixará de ser zona de passeio e lazer.

O mais prejudicado é Olivério Caseiro da gelataria franqueada «Ô Sorbet dAmour »: “investi 160 mil euros em 2016 e agora, sem esplanada deixei de faturar e vou ter de encerrar”, lamenta com visível “desespero”.

O grupo diz que o espaço para a colocação do equipamento foi delimitado sem que ninguém, nem o empreiteiro, a ABB- Alexandre Barbosa Borges nem os serviços da Câmara os tenham informado: “julgámos que haverá outras opções técnicas que não a de uma grua gigante, como a de um camião com equipamento semelhante ou uma grua mais pequena na própria artéria do prédio em obras”, dizem, garantindo que as lojas não aguentam um ano com um aparelho daqueles a funcionar no dia-a-dia. “Algumas terão de fechar por falta de clientes”, alvitram.

Dizem que o espaço a ocupar pelo artefacto da construção civil é ilegal, quer porque impede a passagem de camiões para cargas e descargas, quer porque veda a passagem a carros de bombeiros em caso de incêndio ou outro acidente: “não se entende como é que a Proteção Civil permite”, exclamam.

---
Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
5 de Outubro de 2017 / 16:06

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-REGIÃO (Inovação): Bright Pixel integra Programa de Aceleração da Startup da Braga

-VILA DE PRADO: Noite de Provas antecipou “Feira dos Vinte”

-ÚLTIMA HORA (POLÍTICA -Vila Verde): 76 militantes confirmaram recondução de José Morais na presidência do PS

-DGS deixa recomendações por causa do arrefecimento nocturno

-MÊS DO ROMANCE: Inscrições abertas para o Casting de Jovens Modelos

-VILA VERDE: Câmara cria regulamento para ajudar famílias carenciadas a suportar rendas de habitação

-GNR: 319 indivíduos detidos em flagrante delito na última semana

-Estudo pioneiro sobre "tablets" junta universidades do Minho e de Harvard e a multinacional Microsoft

-Projecto MOVBIO apresentado e a decorrer na Câmara Municipal

-VILA VERDE: Novo logótipo do Município inspirado nos Lenços dos Namorados

-VILA VERDE: Alexandre Mendes fala sobre empreendedorismo este sábado, na Biblioteca Municipal

-Ministério do Ambiente vai dragar a foz do rio Cávado em Esposende

-LOUREIRA: Novo acidente com três carros junto a pastelaria

-ÚLTIMA HORA: Infraestruturas de Portugal já adjudicou construção de rotunda na Loureira / Câmara queria intervenção mais abrangente

-“Noite de Reis - Cantares do Ciclo Natalício” sábado no Centro de Artes e Cultura

-União de Freguesias de Pico de Regalados, Gondiães e Mós com novos Brasão, bandeira e selo

-“A Luz do Novo Ano” este sábado na Biblioteca Municipal

-Município de Vila Verde acolhe amanhã Workshop do Projecto MOVBIO

-Missa de Acção de Graças do 1º aniversário da fundação do Grupo Folclórico União de Tradições

-MARRANCOS: Festas em honra de São Brás 2018 nos dias 2, 3 e 4 de Fevereiro

-Filomena Costa madrinha do 1º Trail Solidário dos Bombeiros de Braga

-Planetário – Casa de Ciência de Braga e Hospital assinam Protocolo

-LOUREIRA: Apelo de filha de Francisco Gomes lança onda de solidariedade a exigir obras na EN 101

-BARCELOS: Falhou acordo entre Câmara e 19 moradores de loteamento construído por empresa de Vila Verde

-Estaleiros municipais de Braga com melhores condições de conforto e segurança

-Dormidas no Norte batem recorde em Novembro e superam média nacional

-SAÚDE: Hospital da Misericórdia com novo laser de alta intensidade e ondas de choque

-InvestBraga debate projectos em Conselho Estratégico

-”Fórum Vocacional” preencheu a manhã da Escola Secundária de Vila Verde

-MÊS DO ROMANCE: Mais de 100 iniciativas em 38 dias dedicados ao amor









Jornal O Vilaverdense