SINISTRALIDADE: Acidentes nas estradas provocaram 378 mortos este ano, mais 56 do que em 2016

O número de mortos nas estradas portuguesas aumentou este ano cerca de 17%, tendo os acidentes rodoviários provocado 378 vítimas mortais, indicou esta quarta-feira a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).
Segundo a ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, morreram nas estradas portugueses, entre 1 de Janeiro e 30 de Setembro, mais 56 pessoas em relação a período homólogo de 2016.


O número de desastres também aumentou este ano, tendo-se registado 95.549 acidentes nos primeiros nove meses do ano, mais 1.016 do que no mesmo período de 2016, quando ocorreram 94.533, adianta a Segurança Rodoviária.

A ANSR refere também que Porto (55), Setúbal (44) e Lisboa (37) foram os distritos com mais mortos nas estradas entre janeiro e setembro.

Já os distritos com menor número de vítimas mortais este ano foram Portalegre (oito), seguido da Guarda e Viseu, com nove em cada um.
De acordo com a ANSR, os acidentes rodoviários provocaram este ano 1.641 feridos graves, mais 58 do que em período idêntico de 2016.

Também o número de feridos ligeiros aumentou ligeiramente entre janeiro e setembro, totalizando 29.007, contra os 28.550 do ano passado.

Os dados da ANSR dizem respeito ao número de vítimas mortais cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

---
Redacção / Fonte: Público
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
4 de Outubro de 2017 / 18:56

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-REGIÃO (Inovação): Bright Pixel integra Programa de Aceleração da Startup da Braga

-VILA DE PRADO: Noite de Provas antecipou “Feira dos Vinte”

-ÚLTIMA HORA (POLÍTICA -Vila Verde): 76 militantes confirmaram recondução de José Morais na presidência do PS

-DGS deixa recomendações por causa do arrefecimento nocturno

-MÊS DO ROMANCE: Inscrições abertas para o Casting de Jovens Modelos

-VILA VERDE: Câmara cria regulamento para ajudar famílias carenciadas a suportar rendas de habitação

-GNR: 319 indivíduos detidos em flagrante delito na última semana

-Estudo pioneiro sobre "tablets" junta universidades do Minho e de Harvard e a multinacional Microsoft

-Projecto MOVBIO apresentado e a decorrer na Câmara Municipal

-VILA VERDE: Novo logótipo do Município inspirado nos Lenços dos Namorados

-VILA VERDE: Alexandre Mendes fala sobre empreendedorismo este sábado, na Biblioteca Municipal

-Ministério do Ambiente vai dragar a foz do rio Cávado em Esposende

-LOUREIRA: Novo acidente com três carros junto a pastelaria

-ÚLTIMA HORA: Infraestruturas de Portugal já adjudicou construção de rotunda na Loureira / Câmara queria intervenção mais abrangente

-“Noite de Reis - Cantares do Ciclo Natalício” sábado no Centro de Artes e Cultura

-União de Freguesias de Pico de Regalados, Gondiães e Mós com novos Brasão, bandeira e selo

-“A Luz do Novo Ano” este sábado na Biblioteca Municipal

-Município de Vila Verde acolhe amanhã Workshop do Projecto MOVBIO

-Missa de Acção de Graças do 1º aniversário da fundação do Grupo Folclórico União de Tradições

-MARRANCOS: Festas em honra de São Brás 2018 nos dias 2, 3 e 4 de Fevereiro

-Filomena Costa madrinha do 1º Trail Solidário dos Bombeiros de Braga

-Planetário – Casa de Ciência de Braga e Hospital assinam Protocolo

-LOUREIRA: Apelo de filha de Francisco Gomes lança onda de solidariedade a exigir obras na EN 101

-BARCELOS: Falhou acordo entre Câmara e 19 moradores de loteamento construído por empresa de Vila Verde

-Estaleiros municipais de Braga com melhores condições de conforto e segurança

-Dormidas no Norte batem recorde em Novembro e superam média nacional

-SAÚDE: Hospital da Misericórdia com novo laser de alta intensidade e ondas de choque

-InvestBraga debate projectos em Conselho Estratégico

-”Fórum Vocacional” preencheu a manhã da Escola Secundária de Vila Verde

-MÊS DO ROMANCE: Mais de 100 iniciativas em 38 dias dedicados ao amor









Jornal O Vilaverdense