ALERTA: Dermatologistas dizem que bronzeadores podem ser prejudiciais por conferirem falsa protecção

A Associação Portuguesa do Cancro Cutâneo (APCC) apelou esta segunda-feira à população para estar atenta à qualidade dos protectores solares, alertando que as "loções bronzeadoras" são uma "falsa protecção" e podem ser prejudiciais para a saúde.

"No mercado surgem loções ditas bronzeadoras, aceleradoras de bronzeamento, que dizem ter uma protecção" solar de seis, 15 ou 30, "o que pode iludir as pessoas", disse à agência Lusa o secretário-geral da associação, Osvaldo Correia.

Segundo o dermatologista, o mercado das loções bronzeadoras não está regulamentado, ao contrário do que acontece com os protectores solares, devendo por isso ser evitadas, porque podem ser "prejudiciais para a saúde" ao conferirem uma falsa protecção.

Perante este risco, o dermatologista deixou um alerta dirigido especialmente aos jovens: "não se iludam com os bronzeadores na questão da cor e, sobretudo, na questão de uma falsa protecção".

Apesar de não haver dados oficiais, Osvaldo Correia disse que "é crescente" o número de "queimaduras surpresa que as pessoas estão a ter", mesmo utilizando protectores solares que dizem ter um índice elevado.

"Quem faz vivência clínica de dermatologia" tem a "percepção clara" de que as pessoas ficam surpreendidas por utilizarem protectores com um índice 30 ou 50 e ficarem com "pigmentações inestéticas", alergia ao sol ou "vermelhidão seguida de escamação".

Estas loções também "criam o mito de que o moreno é saudável", mas "uma pele bronzeada em excesso é uma pele envelhecida e ninguém gosta que se diga que tem uma pele velha numa época em que o que se quer é rejuvenescer e não envelhecer".

Mas também há cuidados a ter na escolha dos protectores solares e na forma como são aplicados.

"Hoje temos, nos próprios protectores solares, formas fluidas, transparentes, invisíveis, espumas que, na forma e na quantidade como as pessoas habitualmente as colocam, não dão a protecção que as pessoas julgam que dão (30 ou 50)", sublinhou.

Para conferirem "uma camada suficiente", que se aproxime do que foi testado em laboratório, a sua aplicação deve ser feita várias vezes no mesmo local.

"Na prática, teríamos que aplicar quase uma embalagem de 50ml para uma parte significativa do corpo, o que não se faz", elucidou.

Quando estas formas fluidas são associadas aos "aceleradores de bronzeamento" o risco aumenta.

Nas pessoas de pele relativamente morena, um índice de proteção baixo "é suficiente para não ficarem vermelhas, mas estão expostas aos raios ultravioleta A", que também agridem a pele.

Portanto, a população deve estar atenta à qualidade, quantidade e apresentação do protector, que "não deve ser utilizado para prolongar o tempo de exposição nos dias de ultravioletas especialmente elevados, como tem acontecido nas últimas semanas e, até diria, nos últimos meses, em Portugal".

Segundo o médico, "é crescente" o número de pessoas com cancro de pele em idades jovens, a começar nos 20, 30 anos, resultado de exposições prolongadas ao sol.

"Temos de pensar que a agressão de hoje pode ter como consequência negativa o amanhã, e o amanhã pode não ser quando somos idosos", salientou, lembrando que "a regra mais importante é sombra aumentada, hora apropriada".

Estima-se que surjam este ano mais 12 mil novos casos de cancro de pele, mil dos quais casos de melanoma, o tipo mais grave.

Osvaldo Correia observou que a população está "mais bem informada", mesmo os próprios jovens, "a prática é que nem sempre condiz com o conhecimento".

"Saber conviver com o sol, é um ato de bom senso", disse, lembrando que os dermatologistas são "a favor da exposição ao sol", mas no final ou no início do dia.

---
Redacção/FG (CP 1200)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
16 de Agosto de 2017 / 17:09

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-CARREIRAS S. MIGUEL (Vila Verde): Tarde de Carnaval com muitos mascarados, muita cor, muito brilho e muita gente

-“School in Love”, da Secundária de Vila Verde, voltou a dar brilho ao Mês do Romance

-Câmara anuncia reforço do abastecimento público de água na União de Freguesias de Carreiras S. Miguel e Carreiras S. Tiago

-GNR deteve 48 pessoas em flagrante nas últimas doze horas

-VALE DO HOMEM: AEVH assina protocolo de cooperação com o Portugal Club Europe (Estrasburgo-Alsácia)

-“Velhas Máquinas” integram Desfile do Amor promovido pela Associação de Clássicos Rolantes em Antigos de Vila Verde

-FUTEBOL (CPP): Vilaverdense FC quer vencer Mirandela para continuar ligado

-FREIRIZ: Incêndio em habitação provoca apenas estragos...apesar do alarme

-MÊS DO ROMANCE: Academia de Música brilhou em noite de Concerto de Gala

-Vale do Homem unido em torno do novo líder do PSD (Rui Rio) / Afinal…Rui Silva não figura entre os principais nomes dos órgãos nacionais

-Amélia Gomes celebra hoje 100 anos

-MÊS DO ROMANCE: Orlando Ventura apresentou nova linha “Amor Envolvente”

-DESTAQUE: Câmara de Braga reconhece 46 lojas como de interesse histórico, cultural ou social

-GNR: 24 detenções na última noite

-PSD: Rui Rio integra militantes de Braga nos órgãos nacionais; Vilaverdense Rui Silva é hipótese

-MÊS DO ROMANCE: Chá de tília e Pão-de-ló “água na boca” apresentados no Palácio da Brejoeira (Monção)

-LANHAS: Bispo de Braga em visita pastoral à paróquia

-BRAGA: Câmara introduz novas regras de acesso automóvel no centro histórico

-CRIME: Homem detido em Vila Verde por violência doméstica

-BRAGA: Campeões da Europa de futsal recebidos no Theatro Circo na segunda-feira

-GNR deteve 406 pessoas em flagrante delito ao longo da semana

-ESQUEIROS: Bispo Auxiliar de Braga visitou Jardim-de-Infância e EB1

-MÊS DO ROMANCE: “Já Namoras 2018” - Utensílios únicos na linha do Amor

-VILA VERDE: Bombeiros têm novo veículo de combate a incêndios

-Ministro Manuel Heitor assinala na UMinho nova fase do Programa MIT Portugal

-DESPORTO: Tribunal iliba polícias acusados de agredir e cegar adepto em Guimarães

-Farmácias de Braga e Barcelos aderem à Jornada de Recolha de Medicamentos deste sábado

-VILA VERDE: Oficina Arquimedes “Amor com Cheiro” no sábado

-INCÊNDIOS RURAIS: Acções de sensibilização para limpeza de terrenos arrancam hoje

-CRIME: 34 imigrantes ilegais trabalhavam em empresas de Famalicão e da Trofa









Jornal O Vilaverdense