VILA VERDE: Feira Quinhentista- Sá de Miranda por Terras de Vila Verde de hoje a domingo

Arranca, esta tarde, a Feira Quinhentista- Sá de Miranda por Terras de Vila Verde, que se instala na Praça do Município. O Cortejo histórico, que se realizada no domingo, por volta das 15h00, promete ser o «momento alto» da edição deste ano.

A iniciativa oferece, durante três dias, momentos de poesia e música ao vivo, espectáculos de dança e teatro de rua, desfiles alegóricos, gastronomia, artesanato, exposições e espectáculos e retracta os usos e costumes da sociedade da época, permitindo, em simultâneo, continuar a promover o potencial turístico do Concelho e a divulgar os maiores atractivos do território.

Sá de Miranda, «um dos maiores poetas do seu tempo», que escreveu grande parte da sua obra no período em que viveu em Ribeira do Neiva, dá o mote para o evento que vai levar os participantes «numa emocionante viagem à descoberta da história do Concelho e do país». «Deixe-se envolver pelos ritos, hábitos e costumes de uma era apaixonante, através de uma iniciativa que já conquistou adeptos de Norte a Sul do país», apela a organização.

Este ano, a feira conta com uma «participação massiva» de todos os agrupamentos de escolas do Concelho, que se juntam a Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), a Escola Secundária e a Academia de Música de Vila Verde.

PROGRAMA «RICO E DIVERSIFICADO»
A programação arranca pelas 9h30 da próxima sexta-feira, 19 de maio, com a Feira Quinhentista na Ribeira, organizada pelos alunos da EB1 local. Por volta das 19h00 iniciam as actividades para o público, num serão em que se destacam a Ceia Quinhentistas, a música, os bailados e a poesia.

No dia seguinte, as actividades começam pelas 11h00, na Praça de Santo António, com a gastronomia, bem como a venda de artesanato e de produtos da terra. Durante a tarde, nota de realce para as oficinas, a mostra de armas, o espectáculo de falcoaria, as rábulas e as artes circenses. À noite está programado o Sarau Cultural, que «promete captar a atenção da plateia do primeiro ao último minuto».

No último dia, 21 de maio, a iniciativa recebe pelas 15h00, o Cortejo Histórico, com dezenas de figurantes trajados a rigor, que levam a sede de Concelho «numa autêntica viagem ao tempo de Sá de Miranda».

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com