FOGOS FLORESTAIS: Distrito de Braga com maior número de ocorrências

Os incêndios florestais consumiram este ano 13.530 hectares, uma área ardida dez vezes superior ao mesmo período de 2016, segundo números avançados, esta quarta-feira, pelo secretário de Estado da Administração Interna no Parlamento.

Os dados divulgados no parlamento mostram também que Vila Real e Braga tiveram o maior número de ocorrência de incêndios e de área ardida este ano.

Na comissão parlamentar de Agricultura e Mar, onde esteve a apresentar o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF) para 2017, Jorge Gomes adiantou que os fogos também aumentaram entre Janeiro e Maio deste ano, tendo deflagrado, até ao momento, 4.839, mais 3.951 do que no mesmo período de 2016, quando se registaram 888.

Este ano, a área ardida situa-se nos 13.530 hectares, enquanto no mesmo período de 2016 existiam 1.203 hectares de florestas consumida pelas chamas. Segundo o secretário de Estado, dos 13.530 hectares de área ardida, 4.000 dizem respeito a floresta.

Sublinhando que esta situação «suscita preocupação», Jorge Gomes referiu que o mês de Abril deste ano foi o quinto mais quente desde 1945, o índice da severidade meteorológica aumentou e cerca de 75% do território português está em seca moderada.

«Não estou a atribuir a responsabilidade à seca, o que ardeu é uma área preocupante», disse o secretário de Estado, reiterando confiança na capacidade de resposta do dispositivo.

Entre Janeiro e Maio deflagraram 19 grandes incêndios, aqueles que tiveram uma área ardida igual ou superior a 100 hectares, e 57% dos fogos tiveram “origem humana”, nomeadamente em queimadas e caça, disse também, na comissão parlamentar, o comandante nacional de operações de socorro, Rui Esteves.

--
FG (CP 1200)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
17 de Maio de 2017 / 16:48

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


-Vilaverdenses na final do maior torneio de golfe amador

-Se comprou uma placa “Eldslaga” no IKEA deve contactar a empresa

-VILA VERDE: Não há recolha de lixo nos dias 25 de Abril e 1 de Maio

-Governo reduz impostos a senhorios com contratos superiores a dez anos

-VILA DE PRADO: Jogos de Tabuleiro motivam encontro familiar na Biblioteca

-INCÊNDIOS: Bombeiros combatem chamas em Pedregais

-Alunos da EPATV organizaram Tertúlia “Cozinha, do Tradicional ao Contemporâneo”

-TRIBUNAL: Empresa contesta concurso da BRAVAL para contratação de 42 trabalhadores

-SANEAMENTO: Obra de mais de 780 mil euros em curso em Cabanelas

-LOUREIRA: Encontro de Concertinas no dia 25 de Abril

- GNR: 148 detidos em flagrante no fim-de-semana

-REGIÃO: Buscas por pescador desaparecido sábado no rio Minho retomadas

-“Semana da Saúde” até sexta-feira na ESVV

-BRAGA: Museus D. Diogo e Pio XII cedem peças para mostra em Ourense sobre reino suevo

-DESTAQUE: Tradição e muita gente no VI Festival de Folclore do Vale do Homem

-BRAGA: Concerto ‘Outro Tempo, José Afonso’ marca comemorações do 25 de Abril

-CRIME: Vilaverdense detido em Amares na posse de 95 gr de haxixe

-CABANELAS: “Sopas e Caldos” para juntar comunidade e angariar verbas

-AAUMinho arrecada bronze no basquetebol masculino

-ACTIVIDADE GNR: 46 pessoas detidas nas últimas doze horas… um morto e três feridos graves em 64 acidentes de trânsito

-BRAGA: Câmara promoveu formação em animação Stop Motion para prof’s

-FUTEBOL (Pró-Nacional): GD Prado com teste de fogo frente ao Taipas

-FUTEBOL (I Divisão): Lanhas quer surpreender o líder

-VILARINHO: Associação assinala Dia da Mãe no primeiro fim-de-semana de Maio

-SOLIDARIEDADE: JS Vila Verde entrega bens na Loja Social de Prado

-Autarcas monárquicos entregaram «medalha de honra» a Miguel Albuquerque, Presidente da Madeira

-DESTAQUE: Câmara de Braga dá cheque veterinário a famílias carenciadas

-REGIÃO: ISAVE promoveu seminário sobre Literacia em Saúde

-BRAGA: Luís Represas visitou crianças no Serviço de Pediatria

- ACTIVIDADE GNR: 36 detidos nas últimas 12 horas









Jornal O Vilaverdense