Adolescentes do Centro Comunitário de Prado foram alertados para os riscos das drogas e da sexualidade

O CLDS-3G Vila Verde realizou uma intervenção em grupo, intitulada “Vamos Prevenir”, com os utentes do Centro Comunitário de Prado, tutelado pela Cruz Vermelha Portuguesa (delegação de Braga).

Esta intervenção decorreu durante o mês de Abril, com adolescentes entre os 10 e os 16 anos, com quem foram abordados temas como o consumo de substâncias, a sexualidade e os afectos, a tomada de decisão e a compreensão das emoções.

Esta iniciativa de âmbito preventivo teve como objectivo informar os jovens acerca dos riscos inerentes ao consumo de substâncias e dos riscos associados aos comportamentos sexuais desprotegidos e, sobretudo, a importância da adopção de comportamentos assertivos face aos desafios lançados pela adolescência.

«A adolescência é uma faixa etária em que quebrar regras e viver com o risco é uma constante. Há nos adolescentes uma tendência para a curiosidade que os leva a querer experimentar novas sensações. Muitas vezes a procura do novo, resulta em comportamentos geradores de diversos problemas sociais com consequências de elevada gravidade», referiu o CLDS.

--
Redacção
ovilaverdense@gmail.com